Familiayud's Weblog

Início » Uncategorized » Chegou o 17 e . . .

Chegou o 17 e . . .

setembro 2013
D S T Q Q S S
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Família Yud: Isaias, Queia e Mateus Yud

Servindo a Deus na Amazônia Peruana – Setembro (1) 2013

Pucallpa, Ucayali, Peru, Setembro (1) de 2013.

Louvem o Eterno, todos os povos da terra! Louvem a sua glória e o seu poder! ” Salmos 96:7

Queridos amigos,

Queridos companheiros de oração e ação,

Queremos compartilhar com vocês as ultimas noticias da nossa família, do ministério a nos confiado.

Muito obrigado por ler as nossas cartas, muito obrigado por continuarem conosco, muito obrigado pela sua participação de forma direta ou indireta nas nossas vidas e ministério.

Qual é o desejo do coração de Deus ? Veja o versículo e muitos outros da Palavra de Deus. O coração de Deus bate forte pelos perdidos. Eu me pergunto: e o meu ?

Oremos pelos perdidos, vivamos um evangelho autentico, falemos de Jesus aos que estão perto de nos, oremos pelos missionários, sustentemos os missionários. A nossa visão, oração é que todo joelho se dobrara e toda língua confessara que Jesus é o Senhor. Deus te abençoe e te use para levar a luz de Jesus ao mundo perdido.

Somos gratos a Deus por poder viver para Ele, com Ele e por Ele.

Muitas bênçãos de Deus, um abraço forte com carinho para cada um.

Juntos para estender o reino de Deus na terra.

Deus os abençoe e os recompense.

Abraços com muito carinho, Isaias, Queia e Mateus Yud – Família Yud

Conferencia de Missões:

Isaias compartilhou da Palavra de Deus em uma das igrejas de Sisa. Tribo Quéchua de San Martin.

Os organizadores são ex-alunos do curso de missões que ele ensina a cada ano.

Foi maravilhoso compartilhar a Palavra, animar a Igreja, animar aos missionários locais e zonais da Igreja.

Teve o privilegio de aconselhar a muitas pessoas. Algumas que estão a tempo no campo missionário, outros que tem o chamado de Deus mais ainda não estão no campo. Isto é o melhor, porque assim Deus fortalece a nossa fe. Sempre oramos para que Ele levante igrejas, pessoas, com um coração missionário, com um coração pelos perdidos, e faça da Igreja Nacional no Peru uma Igreja Missionária.

A visão, a motivação, o objetivo de dar conferencias e de ensinar os cursos de missoes nas igrejas do Peru é: 1. Que a Igreja Evangélica Nacional seja uma igreja missionária. Que ora, que faz missões aonde esta, e aonde for, envia, sustenta, pastoreia os missionários. 2. Que a Igreja Evangélica Indígena no Peru, seja uma igreja missionária. Que ora, que faz missões aonde esta, e aonde for, envia, sustenta, pastoreia os missionários.

Nosso desejo é que todas as nações, etnias, conheçam a Cristo como Senhor e Salvador pessoal e vivam com Ele, para Ele e por Ele.

Estamos dispostos e prontos para receber convites de ensinar cursos e dar conferencias nas igrejas. Se desejarem a nossa ajuda e participação, com um curso ou conferencia, motivador, pratico, dinâmico, por favor, entre em contacto. Na ultima licença pudemos dar um curso em uma igreja no Brasil e foi muito bom para eles e para nos.

Oremos pela igreja de Sisa, que seja missionária. Que tenha um coração missionário. Oremos pelas igrejas do Peru que sejam missionárias e cumpram o propósito de Deus para a sua existência.

Discipulado na igreja:

Em agosto reiniciamos o curso de discipulado na igreja em Pucallpa.

Agosto a Queia fez sozinha.

A partir de setembro estamos fazendo juntos como casal. Durante as viajes e ausências de Isaias a Queia faz sozinha.

Estamos com um grupo de mulheres, algumas são adolescentes, outras jovens, outras com mais experiência. É um grupo muito bom.

Tem sido um tempo muito bom e vemos o crescimento espiritual delas.

Por favor, oremos por este grupo de mulheres, e todos os outros grupos de discipulado da igreja de Pucallpa. Que cresçam, que sejam seguidores de Jesus em tudo, que discipulem a outros.

Doente da tribo Bora:

Oremos pela Raquel, índia Bora.

Como tínhamos escrito, ela esta doente. Tem um câncer no intestino que precisa ser retirado com uma operação.

Na carta passada mencionamos que estávamos esperando a consulta da terça dia 17 de setembro. Esta data chegou e passou, como todas as datas. Na noite anterior, segunda 16, passou muito mal. Desmaiou de dor. A sonda saiu junto com um pedaço do intestino, o que causou muita dor. Foi atendida na emergência do hospital. Passou toda a noite no hospital e não puderam fazer nada porque o medico que fez a colostomia não estava no hospital. Somente deram remédio para a dor. Três dias depois, graças a Deus o medico colocou a colostomia no seu lugar. Esta um pouco melhor. Infelizmente a consulta mudou de data. Ela foi atendida na quinta 19.

Esta semana deve começar as quimioterapias, que vai ser por via oral. Também vai começar as radioterapias. Segundo o medico o tumor esta muito grande e querem que diminua com as quimioterapias e radioterapias para depois fazer a operação.

Por favor, pedimos que orem. Raquel esta muito fraca. Tememos que não vá suportar este forte tratamento. Pedimos que orem para que o corpo dela suporte os efeitos colaterais dos remédios e que não afetem outras partes do seu corpo.

Para nos também tem sido difícil. Claro que não é nada comparado com o que é para a Raquel, Kelly e família. Muitas vezes não entendemos como é o funcionamento do hospital, não conhecemos o sistema, não estamos juntos para escutar o medico, não sabemos se eles entenderam bem ou não. Mesmo assim em varias ocasiões eles perguntam para nos como é, o que tem que fazer, pedem decisões e é difícil de responder e solucionar pelo telefone e ao momento.

Também queremos compartilhar alguns aspectos culturais da doença nas tribos indígenas. Compartilhamos isso porque como família tememos pela saúde e pela vida da Raquel. Queremos, oramos, trabalhamos, para que ela seja curada completamente. Pensamos se ela não aguentar o tratamento, por estar tão fraca como esta, e morrer em Lima. O primeiro aspecto é que a família vai querer leva-la para a tribo. Nos até entendemos. Mas isso é difícil porque envolve; – uma primeira viaje em avião de Lima a Iquitos; – uma segunda, de recreio, de Iquitos a Pebas; – uma terceira, em canoa com motor, de Pebas a Pucaurquillo. Por exemplo, os recreios não querem levar um morto porque pelas crenças locais o seu negocio vai ir mal depois, etc.. Um segundo aspecto é que na cultura indígena sempre tem que ter um culpado. Alguém tem que levar a culpa pela morte da outra pessoa. Por exemplo: O culpado não é a cobra venenosa, mais sim o medico ou a enfermeira, etc.. No caso da Raquel, o culpado não é o câncer que a matou, mais sim nos os missionários porque a levamos para Lima. Na verdade tentamos evitar de leva-la a Lima. Gastamos o que não tínhamos, fizemos de tudo na cidade de Iquitos. Porque sabíamos das dificuldades em Lima e destes e outros aspectos culturais. Foi o SIS (Sistema Integral de Saúde) que a mandou a Lima, nos somente demos o dinheiro para as passagens e para outras necessidades. Isso tudo é bem difícil. Pedimos, por favor, que orem. Isaias esta planejando reunir a família na tribo, na viagem de outubro, e procurar esclarecer com eles. Isso não é nada fácil de fazer. Não sabemos se dará resultados. Mas precisamos fazer isso antes que seja muito tarde. Já pediu que um dos pastores estivesse presente nesta reunião.

Por favor, oremos pela saúde da Raquel. Oremos pela sua vida espiritual, oremos pelo emocional dela e da filha Kelly. Oremos por toda a família. Oremos pelas quimioterapias e radioterapias para que não afete ainda mais o fraco corpo dela. Oremos que faça efeito rápido. Oremos por uma operação logo. Oremos por sabedoria para a Kelly para poder ajudar a sua mãe. Oremos pelos recursos para as medicinas diárias que ela toma, pelo leite especial (Ensure), para a comunicação, etc.

Muito obrigado aos que estão ofertando para a saúde da Raquel. Muito obrigado pela sua generosidade em dar. Deus os abençoe e recompense trilhões de vezes mais agora e na vida eterna. A Raquel, Kelly, toda a familia, nos estamos agradecidos.

Próximas ações:

– Reunião anual da FAIENAP, setembro.

– Oração dos homens em Pucallpa, na madrugada.

– Grupo de pregação da igreja em Pucallpa.

– Curso para padeiros na tribo Bora, Huitoto e abertura da padaria, setembro.

– Viagem para a tribo Huitoto e Bora em outubro.

– Visita do Ivam Dias de Cassilândia em outubro.

– Aniversario do Isaias, 24 de outubro.

– Conferencia de Missoes, em uma igreja na cidade de Tingo Maria, novembro.

– Gravação do Novo Testamento no idioma Murui (Huitoto) para depois ter os proclamadores.

– Escola de futebol com princípios bíblicos na tribo.

– Envio de um missionário Huitoto do Peru aos Huitoto da Colômbia

– Comemoração dos 20 anos de casamento. Estamos sonhando em fazer uma viagem como casal, uma segunda lua de mel.

Por favor, oremos por cada uma destas atividades. Obrigado.

Nossa visão:

1. Que o Evangelho de Jesus Cristo, que traz: esperança, perdão, reconciliação, salvação, vida eterna, mudança de vida, seja pregado a todas as pessoas.

2. Que a Igreja Evangélica Nacional, no Peru, seja uma Igreja missionária. Que ora por missões, que faz missões aonde esta, e aonde for, que sustenta os missionários, que pastoreia dos missionários.

3. Que a Igreja Evangélica Indígena, no Peru, seja uma Igreja missionária. Que ora por missões, que faz missões aonde esta, e aonde for, que sustenta os missionários, que pastoreia dos missionários.

Pedidos de oração:

1. Pelos pedidos mencionados anteriormente.

2. Pela Raquel, índia Bora, veja acima.

3. Que Deus levante mais pessoas e igrejas para nos sustentarem em oração e economicamente. Precisamos completar o sustento familiar e da obra aqui no Peru.

4. Que mais pessoas conheçam a Jesus hoje, como Senhor e Salvador. Que haja arrependimento e recebam o presente da salvação em Jesus.

5. Por um auto para mobilizarmos em Pucallpa e em todas as partes.

6. Por recursos para uma viagem de segunda lua de mel, em dezembro, comemorando os 20 anos de casamento.

7. Oremos pelos Huitoto da Colômbia. Deus os guie, proteja, de salvação para os Huitoto da Colômbia. Que Deus salve os indígenas da Colômbia e de todo o mundo. Que Deus nos ajude a plantar uma igreja lá. Pastor Nilson e família estão prontos para ir, precisamos de ajuda ara envia-los.

Como posso fazer parte do Ministério no Peru ?

Deus nos deu a oportunidade de amar e servir a Ele. Entregando nossas vidas, nosso tempo, os dons, talentos para Ele. Por meio das missões. Se você quer se unir a nos pode fazer das seguintes formas:

1. Comprometendo-se a orar por nos. Isso é o primeiro, o mais importante, a base de tudo. Orar é participar. Somos Dependentes de Deus e das suas orações. Orando.

2. Pode ofertar para o nosso sustento: – Mensalmente – Esporadicamente – Para um projeto especifico. Isso é repartir o que Deus te da, entendendo que tudo é de Deus. Dando: – Ofertando – Sustentando – Dando com um coração alegre. – Dar é uma atitude de coração e não de bolso.

3. Pode vir e se unir a esta aventura. Você ou o seu grupo serão bem vindos. Indo: – viajes de curto prazo – projetos de saúde – doando as tuas férias para missões – etc. – Biblicamente todos devemos fazer discípulos aonde Deus nos colocou. – Alguns deixam tudo e vão como nos e outros, mas Deus quer que todos façam discípulos na escola, no trabalho, na casa, na vizinhança, ou seja, em todos os lugares. Missoes é uma sociedade, igreja e missionários, missionários e igreja.

Se fora a oração você quer participar conosco, veja como em:

https://familiayud.wordpress.com/participe-conosco-brasil/

      isaias.mateus.yud

      cleiayud

                 Isaias Mateus Yud

Louvem o Eterno, todos os povos da terra! Louvem a sua glória e o seu poder! ” Salmos 96:7

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: